Andei deixando a mostra meu lado doce, sensível e amável.
E dói toda vez que alguém se aproxima sem querer tomar minha alma.
Dói ser só carne, só corpo nu.
Pra foder, pra doer,
mas nunca para ser amada.