Amante do sangue , refém da poesia e companheira da morte

   @hannigraci