A mulher sente nascer-lhe as asas e pensa que voa; rompe-se o casulo da seda, esfralda-se a borboleta - José de Alencar

Brazil    @eduardaleao