acordei reflexivo. minha avó diria que eu estou "amuado", mas no sentido distorcido dela de entender a palavra. eu estou, na verdade, desanimado. desolado. baqueado.

essa rotina vitalícia de dorme e acorda. trabalhe e exista. seja e produza. agora isolado e desacompanhado. entediado e amargurado. aprisionado.

art image Image by Private User Image by 🌸🌸 prison, chess, and black and white image

nas minhas contemplações eu me questiono o motivo.

as minhas perspectivas são baixas. é tanto estresse, irritação, frustração e indignação. e no fim de semana vem aquele colérico sentimento de que, mesmo que você procure e se indague, nada, eu digo, nada... parece ter qualquer tipo de razão.

produza, produza, produza! seja forte e otimista. vamos todos sair dessa.
veja pelo lado bom: você ao menos tem saúde. viva!

eu estou é doente. e a doença deste tempo (ainda!) não me abateu. o vírus que tanto se espalha, que nos aprisiona em nossas casas, que agora mata e mata, só agrava a doença que sempre existiu. acordo ansioso, automático, estagnado e despreparado, tudo isso para começar mais um dia, que novamente e infelizmente se tornará um dia como qualquer outro, um dia bastante vazio.

rose, flowers, and grunge image depression, sad, and girl image sleep, thoughts, and overthinking image overthinking, happiness, and quotes image

felizmente estou bem (por fora). por dentro é tanta coisa se passando. a mente trabalhando a quilômetros por hora. sensação de sono constante, enfadonhamento mental. você faz, e faz, e faz, mas continua sentado, engessado, controlado, tensionado. amanhece e anoitece, com tanto esforço "jogado fora".

não sei se fui tão claro nessa nota de exaustão. a esperança já se encontra na reserva. o cérebro está tenro, flácido e frouxo. mas ainda espero poder marcar encontros. sentar em uma cadeira na calçada, ouvir risadas, piadas. com o rosto ao vento, tomando pleno oxigênio, sem pano no centro. poder voltar a sensação de que eu possa explorar, conhecer e me alegrar.

talvez só aí volte a fazer sentido essa rotina vitalícia. esse ciclo vital. essa máquina econômica. que me drena e me aperta. que me suga e me estressa. que me chateia e me entristece. mas que ao final de cinco dias me mostra que, pelo menos ali, naquele pequeno momento, a razão parece estar. pelo menos ali toda essa exaustão, frustração e aborrecimento, faz questão de se ausentar.

friends, nature, and fun image Image removed Image by Private User drink, friends, and beer pong image