Muitas vezes me pergunto por que sou tao insegura em relação a minha personalidade, e eu simplesmente me dei conta de que quanto mais eu quero agradar alguém menos eu sou eu mesma. O motivo disso é eu acreditar que não sou realmente boa o suficiente o quanto eu gostaria, seria isso uma auto-sabotagem ? SIM. Eu mesma sou a minha maior inimiga. Eu estou no controle e estou me auto julgando esperando alcançar uma "perfeição" que nao existe em outro lugar alem da minha mente. É obvio, eu preciso ser uma pessoa melhor, eu preciso crescer e me tornar alguém... opa peraí...

Do i REALLY need that?

Eu realmente tenho que mudar? yep, mas eu preciso ser tão dura comigo mesma? Por que uma das únicas certezas da vida além da morte é que todo mundo erra. E se todo mundo erra a gente ta aqui pra melhorar né? por que dói errar com quem a gente ama, tenho certeza que dói mais em você ver essa pessoa sofrendo do que nela.

Então as mudanças são sim necessárias, elas marcam nossas vidas com fases. E como ser adaptável é a qualidade mais notável do ser humano é o que deveríamos fazer, e com todas as forças perdoar quem nos feriu, por que o perdão liberta você. Incrível como comecei falando de insegurança e vindo parar aqui no perdão... mas eu realmente queria dizer que o auto perdão é o mais importante, pra nós, que nos culpamos tanto por errar. Eu me culpo, muito, e dessa culpa me vem o ódio, me faz sentir a pior pessoa por coisas que vendo de longe, são banais. Eu não sou perfeita, mas o fato de que eu gostaria de ser e eu sei que não sou me chateia, e eu já estaria dizendo que isso é culpa do meu ego, pessoas egocêntricas não admitem que são egocêntricas, e eu sou, então tecnicamente eu não sou(????) Enfim....... não são coisas as coisas cordiais que me fazem perder a cabeça, sou tolerante perante muitas coisas, não me cai os dedos por engolir um ponto em uma discussão, pra não chatear alguém, por que eu sei meu lugar, eu sei minha verdade, eu sei a verdade, as vezes tentar explicar é o mesmo que falar com um surdo, só gastaria meu precioso tempo e energia. Se eu discutir, é porque estou triste, talvez comigo mesma, até.
Esse foi o diário da quarentena de hoje, good night