Como nós meninas somos iguais as flores.
Crescemos e ficamos lindas aos poucos
Quando estamos sendo cuidadas ficamos incrivelmente encantadoras.

Apos tempos acontecem tempestades e chega o outono
Onde caímos não conseguimos levantar perdemos nossas petadas
A falta de cuidado e amor nos afeta e apavora.

Apesar de parecermos fortes, mostramos não ter medo de nada
Mas sempre temos receio de tudo
" e se não der certo?" E se?..."

Toda essa dúvida e angustia acaba nos matando por dentro
Sobre tempos ruins persistindo como flores no inverno
Mesmo quando estamos no chão e destruídas chega o verão.

Onde começamos a renascer, convivemos o máximo possível
Nos socializamos, e começamos a reflorescer
Ficamos independentes,sorridentes, felizes e realmente completas.

Pois chegou a primavera, assim nos recomeçamos
Mais fortes e sentimos que nada pode nos abalar
Somos capaz de tudo, deixamos o mundo feliz.

Somos iguais as Flores

Larissa Richalski