Sempre pensei que as pessoas que tentavam suicídio eram loucas, por que iriam para o inferno. Mas me lembro de ler em algum livro que eram as pessoas mais corajosas, por que tiveram coragem. É o maior ato de coragem. Só agora que escrevi isso e pude perceber, que o maior ato de coragem, sou eu que estou fazendo. Eu tô aqui, nessa bagunça. Continuo tentando seguir em frente, e minha cabeça dói tanto, que tudo o que eu queria era estar dopada de remédios.
Vou contar meu dia pra vocês: Eu acordei tarde meio dia, porque estava cansada, e porque tenho dormido tarde, mas por que minha ansiedade não tem me ajudado a dormir, não tenho sentido sono, eu não tenho tido forças pra fazer exercícios. Queria que meu estômago tivesse vazio agora, como está os meus sentimentos. Só isso, porque na minha cabeça tá um barulho insuportável.
Acho que é pior, quando meu pai tá de férias, e minha mãe começa com umas atitudes narcisistas, tentando me deixar pra baixo, me colocando como louca, querendo controlar tudo. Só reclama de tudo e grita, parece que pro meu pai ouvir e xingar. Eu ODEIO que ela desconta em mim seus problemas, ela tem gritado e gritado comigo, você é tão idiota, por que você acha que remédio não ajuda pra depressão? " Não.. pq pra mim, não precisou disso, isso aí só gasta dinheiro". Sinceramente uma parte de mim tem segurado as pontas depois que meu pai disse que ir ao médico e essas coisas gasta dinheiro, que o convênio não tá cobrando tudo. OU talvez é só mais uma desculpa pra não ter que ir. `Pra não admitir que estou doente. Que eu sei qual é o meu problemas, sei qual é a ponta do ice barg, mas eu não quero abandonar o problema. O problema é que eu não me controlo e como de mais. EU tô bem, nunca fiz nada de tão ruim assim. Nunca fiquei tanto tempo sem comer, ou realmente sem comer.. Eu tô tentando ser saudável e não comer.. Sabe como isso é difícil? Talvez eu devesse comprar cigarros hoje. Mesmo estando atrasada agora. Por que preciso vender meus cookies e alfajors hoje. E eu não tô com um pingo de vontade de falar com pessoas, preciso de um bom banho.