O carinho que nós temos um pelo outro me lembra algum chá doce e quentinho; daqueles que tem o dom de a alma acalmar e o coração resguardar. Por favor, não deixe o nosso chá esfriar.

Pode ser que em alguns momentos ele pareça doce demais para bebericar, mas, com um pouco mais de aguá, tudo se resolverá. É só não não deixar o nosso chá esfriar.

Duvido que aconteça, mas se, por algum motivo, ele ficar meio amargo, podemos acrescentar um pouco mais de açúcar para consertar. Só não deixe o nosso chá esfriar.

Sei que nada é eterno e que um dia ele pode, por fim, acabar, mas a essência dele é harmônica demais para se desperdiçar. Além disso, seria cruel demais sentir seu calor se esvaiar.

Portanto, peço que aproveite até a última gota desse nosso chá restar. Assim, enquanto durar, não saberemos como seria a triste desventura de sentir que deixamos o que era bom se dispersar.

— F.R.Flor