Foi mal por ter te abordando e também por ter te dado tanta atenção naquele dia, eu só estava tentando descobrir se era o tal cara certo que até hoje nunca apareceu. De longe, por certo tempo, eu pensei que realmente pudesse ser, mas só agora percebi que você não se parece nada com ele. Não sei muito a respeito desse cara, mas sei que ele jamais teria a covardia de agir da mesma forma que muitos garotos que me envolvi agiram. Pra começar, ele nunca teria me descartado como aconteceu naquela vez; lembro de outro caso em que fui abandonada de um jeito confuso. Você simplesmente sumiu, e se eu não me engano, foi no finalzinho de uma quarta-feira à tarde; ele também não teria a hipocrisia de tentar me enrolar com palavras doces como muitos já fizeram, mas na verdade estavam mal intencionados e só queriam me levar pra cama; ele não seria tão idiota ao ponto de me fazer acreditar que estava interessado em mim, quando na verdade só queria conhecer aquela minha amiga que andava comigo. No entanto, confesso que ele não é perfeito. Não tem um pacote de tolerância ilimitado, nem sempre mantém a mente mais aberta do mundo para dizer um "oi, vamo" ou um simples "Já é" que eu tanto amo; estranhamente aquele humor tão tranquilo e incansável por todas as manhãs e finais da tarde que te dá sempre vontade de ouvir AnaVitória, some de vez em quando, mas é tudo temporariamente; aliás, vamos combinar, é sempre legal ter alguém que te dê essa vontade de ouvir AnaVitória.

Ele é variável, nem sempre é a mesma coisa, ele está sempre mudando e tendo sentimentos; tá aí uma coisa que eu aprecio muito nele, mudanças e sentimentos; gosto mais dos positivos e inovadores. Ele também tem sentimentos por mim, ele sempre se importa comigo e me trata como se eu fosse a melhor coisa do seu mundinho. E no final é só essa pequena coisa que eu procuro por aí em caras aleatórios: atenção. Alguns fingem tê-la em busca de vantagens, outros nem se quer disfarçam a falta dela. Não quero ser o centro das atenções e ninguém é obrigado a nada, só estou procurando o cara que realmente ligue pra valer e não que apenas se interesse pelo o meu corpo, pela minha aparência, minhas amigas ou com o recente preenchimento de um vazio que continua vazio. Isso na verdade nunca foi ligar, é apenas um interesse bobo e passageiro. E novamente, desculpa se fui tão inocente e verdadeira com você, foi engano.

— F.R.Flor