oi diário, eu tô escrevendo aqui (apesar de que uns 4 dias atrás, eu entrei em uma profunda depressão, e fiquei basicamente uns 3 dias sem tomar banho, e só fiquei no meu quarto, só comi mais ou menos o necessário, nem ter compulsão por comida tive, por que quando fico muito ansiosa, eu acabo comendo muito nossa)
Mas eu tô escrevendo por que eu tô confusa, e não sei como isso vai acabar, literalmente COMO? Tipo eu não quero casar, na verdade, eu não me vejo casando, é como se eu me prendesse à uma pessoa, e eu quero ser livre, eu tenho muito medo de verdade disso. Não sei. Talvez um dia. Por motivos subreais, ou por motivos que a vida dá.

Talvez eu esteja, totalmente errada, mas tem uma voz na minha cabeça, e ela diz que tudo o que faço é errado.
Ela inventa coisas, nas quais eu acredito.
Sempre acho que estou atrapalhando as pessoas e crio motivos na minha cabeça pra justificar porque elas me odeiam, ou não gostam de mim.
Eu passo metade do meu tempo me culpando por não ser perfeita como eu exijo que eu seja.
E a outra metade eu tento ser perfeita.
Essa voz nunca vai embora, e eu sou a única que consegue ouvir ela
E é tão difícil tentar explicar, que eu nem tento.
Dizer que queria me matar, dizer que não sou o suficiente, pensar que eu já estraguei tudo, e eu só tenho 20 anos.
A voz diz todas essas coisas pra mim.
Ela diz que sou mentirosa, e me faz acreditar somente nela.

Voltei a reescrever,por que quando as coisas estão tão ruins é melhor eu fazer isso, registrar tudo do que fazer merda.
Eu não sei mais o que fazer, nunca vai melhorar, eu não vou perder todo o peso que eu quero. Eu nunca vou conseguir falar sobre os meus sentimentos, não vou conseguir falar a verdade, e a verdade é que eu só queria ir te ver, pra não fazer merda, por que eu me sinto tão sozinha no meio de muita gente, eu tenho tanta coisa pra fazer, e eu não sei porque eu me deixo afundar mais, talvez eu devesse morrer e acabar com tudo de uma vez. Eu sou patética, por que tem dois lados em mim brigando, e eu não sei qual deles vai escolher o meu destino, ou o que eu vou fazer agora.
A verdade é que eu não tô bem, a verdade é que todos vocês me machucaram, a verdade é que eu não quero mais ter amigos, a verdade.. é que eu não quero mais sentir dor.
Por favor faz parar, eu tô chorando que nem idiota no quarto, daqui a pouco minha mãe chega e eu vou ter que fingir que tá tudo bem.
Eu acho que vou me isolar de novo, eu vou fugir, depois eu volto.. Só queria a faca que minha mãe pegou de mim. Na verdade eu queria me machucar muito. Eu queria tanto te falar a verdade, mas eu prefiro passar por fria/distante, do que te incomodar com minhas paranoias, e no fundo eu sei que essa é a pior decisão.
É as coisas vão ficar piores agora´, acho que vou fazer uma promessa, até ela vir, eu não vou comer nada. Acho que assim é melhor né?
Eu vou ignorar todos os amigos, eu não sinto que quero vê-los, eu posso passar o dia dormindo ou estudando, eu não preciso fazer nada disso, e talvez, eles percebam o que eu não consiga dizer.
Por que sabe ultimamente, eu não tenho conseguido fazer as coisas sem pensar que estou estragando tudo. Por que as vezes, eu penso melhor não falar bem o que eu penso, por que eu tento agradar as pessoas, eu sou a última pessoa que penso, mesmo quando sou egoísta, me dói você não entender que eu só queria te ver, isso não era problema, eu iria aí pra te ver, queria te ver. Mas okay, eu vejo que sou um problema, um incomodo. Eu vou ficar aqui quietinha, você aí com as suas coisas, quando você resolver me ver eu já vou estar aos pedaços. Eu te avisei que eu iria me afastar.
Você não vai entender, ela faz isso comigo, eu não consigo mais ter controle, ela quer o espaço todo, e tudo o que eu faço é chorar e me machucar mais, eu sinto muito, eu não queria... ter que fazer isso.
Eu só preciso de uma nova droga pra aguentar isso, eu parei de beber, e agora só preciso de um isqueiro, e vou trocar o álcool pela fumaça.
Minha auto-estima tá um lixo, eu só não fui te ver, por que eu tô tão gorda, e feia, e horrível, eu cansei. Eu te odeio ana, eu queria descontar tudo na comida, mas olha só não posso, eu queria descontar tudo no alcool, mas eu não tenho dinheiro nem forças, e preciso estudar, ah eu preciso fazer tanta coisa, eu queria dormir, mas minha cabeça não para de pensar..Acho que eu vou andar, é tudo que consigo fazer.