meu sorriso é obra prima arranhada
morre antes do tiro
acaba antes da largada.

sou peixe que nada para a
emboscada
sou passarinho que gosta da
jaula.

olho por cima do ombro
a luz me cega
a ignorância é bela
sou prisioneira que ama sua cela
prefiro a caverna.