Qual o sentido? Estou aqui em um bar, bebendo, matando aula, eu digo que precisava disso hoje, precisava disso agora, eu to bem alcoolizada, mas não como das outras vezes, por que só bebi cerveja, acho que é mais leve. O dono do bar deve ter me achado gentil/ simpática, por que ele me deu uma garrafa de cerveja de graça, e eu paguei uma pra mim, e bebi tudo, daqui uma hora preciso ir pra casa, já estou planejando colocar a minha blusa de frio na frente do rosto quando for voltar de carro da faculdade, para não ficar cheirando a álcool. E ainda vou ter que chegar e correr pro banheiro pra escovar os dentes, e dar um jeito de não cheirar a cerveja. Meu pai não pode descobrir que bebi jamais Eu não sei como estou escrevendo agora. Imagina a cena, uma garota, de cabelo colorido, em um bar, bebendo altos copos de cerveja, e mexendo no computador, eu to matando aula, e me perdoem os erros de português, eu não to sã, mas eu sempre recorro ás palavras, é meu jeito de guardar as coisas que penso e falo, por que eu sempre esqueço, odeio isso em mim, mas eu esqueço, funciono assim. É isso.Quer saber a droga da verdade? como todo mundo diz que quer. E EU sei que não vão aguentar, eu sei que não vão.. Mas eu vou falar, eu vim hoje o caminho todo da faculdade pensando em me matar, pensando se eu misturasse álcool com todos os remédios que eu tinha na bolsa dariam certo, eu pensei que seu eu tentasse várias formas, como me enforcar, ou outras coisas, qualquer coisas. Hoje eu falhei tanto, hoje eu... Hoje eu f=voltei a ser a mesma de mim, tem dois dias que eu não tomo meu remédio da manhã, que é alguma coisa haver com coisas depressivas, eu senti a diferença, e fiz tudo errado, e=de como deveria ser o dia de hoje. Olha pra mim, matando aula num bar, quando deveria estar na aula, eu não me arrependo, só quero que passe. Que droga. Que se foda essa merda de sociedade, eu odeio todas as coisas que me deixam mais ansiosa e me forçam a fazer as coisas à pressão, odeio, odeio, por que é assim????? Ficar bêbada é bom, queria poder fazer isso mais vezes, queria mais, assim saio de mim, um pouco , bastante eu diria, tudo fica bem engraçado, e eu perco a vergonha, eu falo com as pessoas, coisas que queria conversar normalmente, e não tenho coragem, eu gosto disso. Fígado me aguente, eu te amo, aliás, eu falei altas coisas, mandei indiretas pra pessoa que gosto, espero que ela perceba... Agr vou embora, kkk torçam por mim, pqp, to fudida..