As vezes eu me pergunto
Se a gente fala a mesma língua
Ou se cada um tem a sua própria
E a sua própria com cada um
Posso te dizer que da nossa linguagem eu gosto
E o seu jeito de falar comigo me encanta
Talvez você nem saiba
E eu fico aqui especulando mil coisas sobre o jeito que me trata
Mas eu sei de uma coisa
Eu tento ser o meu melhor com você
Até no jeito de falar
Mas eu sou meio desleixada
Quando vejo já me perdi
Me perco em mim mesma
Daí preciso sumir pra me achar
E fico pensando nas suas palavras
O seu jeito de falar
Que loucura dizer que agora é um dos meus favoritos
E que eu to sentindo falta nesses tempos de maré
Mar de águas
Águas passadas
Que passaram por mim e eu não vi
Agora preciso achar um jeito de sair daqui
Quero ver suas palavras
Mas assim como a maré
Eu transbordo não nego
Volto quando couber