Ela entrou em uma câmara fria e cinzenta que não parava de cair neve com colunas rachadas, e no centro havia um pedestal de vidro com um coração tão frio que queimava, e quando ela o tocou gelo se espalhou pela sua mão, era um belo coração, porém melancólico. Mesmo com o gelo a machucando ela o pegou e o segurou contra o peito, chorou sem conseguir se conter ''Por que tão triste...?'' a dor que sentia não era pelo gelo queimando, mas pela dor de não conseguir cura-lo.
Em sua outra mão segurava o seu próprio, e então o colocou no pedestal para sunbstituir o outro sem pensar duas vezes. Ela abriu mão de seus sentimentos para que ele pudesse sentir novamente, ''Espero ser o suficiente' toda a câmara ficou quente como em um moro dia de primavera.
Ela tomou o coração mas dessa vez foi ela que se tornou fria como gelo, já não sentia mais nada ''Será que irei esse sentimento que.. como se chama?'' ainda não havia percebido quando o seu corpo começou a congelar e o gelo se espalhar pelo seu corpo. Isso não importava mais, não além do que tinha feito e pelo que tinha feito.
E ali ficou eternizada como uma donzela congelada olhando para algo que talvez não iria sentir novamente.

- Silver Fox