Boa noite querido, estou com saudades.

Hoje lembrei das coisas que costumávamos sonhar, naqueles dias era mais fácil acreditar que só depende da gente melhorar a nossa vida. O que mudou em você nesses últimos meses ? Será que esse é o sinal de que nos tornamos adultos ? Quando paramos de pensar que é fácil mudar ! Fico imaginando como minha vida estaria se eu tivesse feito escolhas diferentes, se eu tivesse me arriscado e saído aquele dia e feito coisas que eu desejava. Com certeza eu seria diferente, não sei se melhor. Às vezes no shopping, sento e assisto as pessoas passarem, pensando o quão deve ser mais fácil a vida deles, parecem não ter problemas, parecem não ter arrependimentos, mas ai ouço as suas conversas e são iguais a mim, cheio de dúvidas, raiva e dor. Somos frágeis.
É onde eu me lembro que não importa o meu caminho, eu estarei aqui de todo jeito, pode ser que só estivesse mais machucada e experiente. Mas eu estaria te escrevendo novamente, porque eu sinto muito rápido, a saudade, o amor, o desprezo, a raiva e a dor.
Me mande notícias, sinto sua falta.

Beijo, sua.
Natasha.