Sou ave que voa longe só pra buscar meus sonhos
e aprendi a dissipar meus temores, porque já sei voltar pela estrada de vento que meu coração desenhou pra mim.
Sou a semente, sou a flor e o meu próprio tempo.
Sou todas as estações no meu Outono.
Estou aqui porque é meu lugar.
Não me preocupo se (há)manhã!
Agora, deixo minha vida pulsar...