Todo mundo sabe a dor que é perder alguém
Mas ninguém se importa enquanto tem

Todo mundo tem medo de fracassar
Mas sempre acorda querendo lutar

Todo mundo entende de preconceito
Mas se esconde atrás de um falso respeito

Todo mundo sabe o quanto já sofreu
Mas não respeita o outro que ainda não viveu

Todo mundo sabe o que é preciso para amar
Mas lança ódio em todo lugar

Todo mundo sabe quando não consegue mais caminhar
Mas cobra do outro o que não consegue realizar

Todo mundo entende o que é agonia
Mas nem sempre espera a calmaria

Todo mundo vive algo todo o dia
Mas mata no outro a alegria