Me perguntaram como estão as coisas e eu respondi: ‘estão indo’. Porque esse é o sentido da vida, as coisas sempre se vão. A vida é um ciclo inevitável.