Mesmo com toda a tecnologia que temos hoje, ainda é um desafio para que aprendamos algo novo. Nossa mente logo se bloqueia, impedindo que o conhecimento entre e nós, inocentemente começamos a achar a lição que estamos aprendendo um bicho de sete cabeças. Contudo, hoje vim ascender uma luz na mente de quem quer aprender Japonês mas por alguma razão não está conseguindo.

Minha Historinha

girl, aesthetic, and fashion image
Imagem Ilustrativa

Eu comecei a ver um pouco de japonês pelo livro Desvendando a Língua Japonesa (link no final do artigo) do professor Luiz Rafael. De primeira mão, ele fala para memorizarmos o Hiragana, qual faz parte do hangul, o alfabeto japonês. Eu pensei:
- Tá, memorizar... E agora?!
Mesmo sendo um sistema de letras fácil de memorizar, eu não conseguia e não queria ter que fazer isso por métodos "tradicionais", tais como: ficar copiando a mesma letra diversas vezes até gravar, até porque isso seria tempo desperdiçado.
Decidi baixar um aplicativo de nome Memrise e até então ele foi minha ajuda, já falo mais dele. Só que as coisas estavam se tornando repetitivas demais, então resolvi baixar outro aplicativo - fora o tradutor - chamado LingoDeer.

tokyo, japan, and black image

Tenho conseguido aprender por esses três meios, fora a própria internet e o que irei falar aqui não é nada novo pra você que já procurou por aí maneiras fáceis de aprender um novo idioma:

  • Se imerse no idioma: Pra você que não tem nenhum contato ainda com esse idioma, procure ver e ouvir coisas que se originam nele. No Japão temos os animes, as músicas, os doramas (pra quem não curte ver anime). Fica a seu critério escolher qual é o melhor e o mas fácil pra você.

Com o tempo, você vai se acostumar com algumas palavras que eles falam e depois pode até se surpreender com o quão fácil é a maneira de escrever.

Sobre os aplicativos

Memrise

O aplicativo Memrise está disponível para download no celular, ele tem outros idiomas fora o Japonês e de começo você escolhe com que modo você quer "jogar": Iniciante ou Avançado. Ele é bom pra ter noções básicas das línguas, porém não posso respaldar o modo avançado pois ainda não cheguei lá >-<.
Um ponto negativo dele é que ele não apresenta todas as letras em Hiragana, pelo que eu vi e quando fui estudar fiquei surpresa com algumas das letras que não estavam no app.
Porém, ele é muito bom para te fazer memorizar, com testes e revisões que te fazem subir de nível.
Ele tem o modo pago, para quem quiser, o modo grátis só dá acesso a três maneiras de aprendizado: Novas Palavras, Revisão Rápida e Revisão Clássica.

LingoDeer

Já o LingoDeer é um aplicativo todo em inglês que disponibiliza o aprendizado de Japonês, Chinês e Coreano. Ele também tem a jogada de quanto mais se aprende, mais xp você tem e mais níveis você sobe. Por ser inglês, ele explica muito bem a língua japonesa (que foi até agora a única que eu vi) e em algumas etapas, as páginas em "pdf" do app tem a opção de se ouvir os hanguls, o que foi algo que eu achei inovador!

Indicação de App:

HiNative

Com o HiNative você pode pedir as pessoas nativas da linguagem que você está aprendendo para verificarem se você está pronunciando as palavras/frases bem, através de áudios (tem essa opção no Memrise, só que é paga), você pode perguntar coisas como:

"Qual a diferença de cup para glass?"
"Como se diz ... em Japonês?"

Que o aplicativo traduz para a linguagem nativa que você está aprendendo e as pessoas respondem, ás vezes didaticamente, ás vezes não. Ele tem disponível para navegador, o que é ótimo para quem passa mais tempo em frente ao PC, seja trabalhando ou não e precisa de login para entrar.

Conselhos finais

Estabeleça metas para seu aprendizado, ex.:

"Até o final do mês, preciso decorar o Hiragana inteiro..."

Querendo ou não, é assim que se começa. Não espere que o conhecimento caia do céu para você pois não vai acontecer e estude sempre quando tiver tempo. Se souber administrar o seu tempo, você consegue sim aprender as coisas mas rápido, mas não faça metas que você não pode cumprir!

Perdoem se o artigo ficou muito longo, mas foi preciso HAHA
(link do livro: http://aulasdejapones.com.br/wp-content/uploads/2015/06/Desvendando.A.L%C3%ADngua.Japonesa.-.Livro_.pdf )

Um grande beijo e até a próxima, Alana V.