❤ Garçom e pizzaiolo, indiano disputa 6ª Olimpíada no luge: "Quebrei barreiras"
Shiva Kevashan, de 36 anos, conheceu o esporte aos 14, aos pés do Himalaia, e precisa trabalhar no verão para bancar treinos no inverno; Em PyeongChang, terminou em 34º
Aos pés do Himalaia, Shiva suja as mãos de trigo, abre as massas e prepara as mais deliciosas pizzas do estado de Himachal Pradesh, na Índia. Dono de um restaurante, ele ganha no Verão o dinheiro que investe em si próprio no Inverno. Aos 36 anos, esse indiano chegou em PyeongChang a sua sexta edição de Jogos Olímpicos. Mais jovem da história a competir no luge, ele estreou em Olimpíadas em Nagano 1998, aos 16 anos, quando precisou de um trenó emprestado e viajou sozinho, sem técnico, médico ou qualquer equipe ao seu redor. Provavelmente em sua última aventura, ele mais uma vez precisou fazer uma vaquinha online para arrecadar fundos para a sua preparação e curtiu a despedida com um 34º lugar, ficando fora da final. O que quer agora é voltar para as montanhas onde espera preparar uma nova geração de atletas do país.

"Talvez seja a hora de deixar as novas gerações chegarem. No meu esporte não é normal que os atletas cheguem aos 40 anos. Vivo um conflito neste momento, mas quem sabe. Acho que vou voltar e treinar meninos para que possam fazer melhor do que eu que não tive nada"