Deixar que o mar as levem.
Metade das minhas feridas estão sendo incapazes de cicatrizar, boa parte da minha vida está tendo desfechos impossíveis de se concretizar e tudo aquilo que sonhava e aspirava da vida, se tornou algo muito difícil de respirar. Tudo muda quando acha que não necessita de mudanças, porém nada acontece quando realmente necessita deixar as coisas para lá. Mas eu necessito, é o que mais preciso, jogar todas essas coisas impossíveis no mar e deixar que o mesmo as levem para qualquer lugar.