Assim eu quereria meu primeiro poema
Que fosse brio dizendo as coisas que há tempos escondo
Que fosse doce como as notas de uma música em adagio no piano
Que tivesse as cores da luz do sol refratada na gota de orvalho
E a delicadeza de um beijo dado feito borboleta pousando no galho.

- ana