Por que será que caímos no erro de pensar que só estamos com Deus no momento em que fechamos a porta do quarto, ou colocamos o pé na igreja? Não há como fugir de Deus, já dizia o salmista sobre onde ele fosse lá Deus estaria. No Senhor nos movemos. Se há alguma atitufe de manter Deus longe na forma de se relacionar, então estamos cometendo um erro terrível.

Nem sempre pessoas se aproximam de Deus para pedir algo. Talvez na maioria das vezes algumas pessoas permanecem com Deus o dia inteiro lembrando-o que o Senhor é amado, respeitado e temido. E assim a gente curte a presença dele. A melhor coisa para quem ama é ter o amor correspondido, e isso não acontece em alguns minutos no quarto apenas ou num lugar bem legal. É um modo de vida. Demonstrar amor requer tudo de si, e com Deus só pode ser assim.

As situações no dia vão tentar manter a nossa cabeça distante, entreetida com muitas coisas. E quando as situações são daquelas bem difíceis é difícil encontrar um equilíbrio, sobre dar graças a Deus, e pensar na solução ao invés de ser consumido por medos e ansiedades. O Senhor é maior que tudo! Em Deus nos movemos. Se hoje a gente toma a decisão de buscar a Deus, e conviver com ele dia a dia demonstrando o nosso amor, afeto e carinho, apesar das situações, vamos colocar o que é maior que tudo na nossa frente para corresponder um amor e isso vale a pena. Curtir a presença de Deus é a melhor decisão todos os dias.