-‘Não preciso de uma casa grande, ou mansão
só quero um cantinho só meu, e quero você nele
um lugarzinho que possamos chamar de nosso
que haja aconchego, que haja amor, onde haja calor
um lugar para almejar chegar a noite, pois
sei que você estará lá pela noite.
Um lugar com seus rabiscos e meus poemas decorando
as paredes, um chão de madeira aonde possamos
andar só de meias, acompanhado de uma mesa
de madeira com nossas canecas de ferro para tomar
aquele chá que tanto amamos, um lugar que cheire
a bolos e pães bem quentinho, que tenha um sofá tão
grande que possa caber não só nóis dois mais quem sabe,
três filhos um dia e nosso golden retriver
Que possa ser perto de um lugar que faça um
friozinho de vez em quando, para que que possamos
decorar com edredoms de lã e almofadas pela casa
toda, tapetes e quem sabe até mesmo um fogão a lenha
que além de nossos corações ele possa aquecer nosso
lar. Não preciso de muito, não quero muito,
contando que tenha você e meus sonhos posso
viver como um homem completo’.