Contudo ainda consigo achar felicidade. Tem pedacinhos do dia que são leves e fáceis de viver, já outros nem tanto. Principalmente quando me prendo num lugar da minha mente que deixa tudo mais obscuro. Já nem sei mais o que é se reconhecer em si e em alguém.
Mas para deixar tudo leve, me deixo levar. É simples, quando a coisa mais difícil da sua vida é não pensar, então só se deixe levar.