Quando te conheci, algo em ti me chamava atenção, não era algo especifico, mas chamava. Talvez o jeito fechado que você tinha, ou o jeito como me tratava, ou a teimosia que eu tinha em descobrir seus segredos.

A gente se deu tão bem, o papo fluía, as risadas eram intermináveis, você fazia meu dia ficar bem.

Eu não tinha ideia do que era gostar de alguém, eu era tão insegura, tão fechada pro mundo, tão explosiva, sozinha e deprimida.
Conhecer você me fez descobrir coisas boas de se sentir, me fez sentir mais humana do que eu costumava ser.

Eu amei você de um jeito tão puro, que eu não sei nem mesmo explicar. Você era complicado, cheio de problemas, alguns tão parecidos com o meu, talvez isso que tenha feito a gente se entender tão bem.

Amava como me fazia sentir amada, linda e uma pessoa boa. O jeito romântico que tinha, mesmo eu falando que odiava essas “besteiras”. E sua confiança era algo a ser estudado, mesmo eu te odiando de um jeito frio, você ainda estava lá comigo.

Chorei noites por você, meu peito doía só de imaginar você fazendo as besteiras que pensava em fazer. Eu que nunca chorava, me tornei oceano.

Você era imprevisível, num dia era tão atencioso, no outro tão frio. A confusão na minha cabeça era tanta que eu sempre te tratava de um jeito rude quando isso acontecia. Não era porque não te amava, era só porque você me deixava confusa, e confusão me deixa na defensiva.

Achei que depois de você, eu nunca ia amar mais ninguém, mas ai você fez questão de estragar tudo, numa noite qualquer, com duas garotas quaisquer. Nunca vai saber o jeito que eu fiquei e no estado que meu coração ficou.

Hoje você se apaixonou novamente, conheceu outra, e olha só o mundão girando, hoje quem sofre por amor é você, e quem levou pé na bunda foi você.

Eu era tão apaixonada por ti que não percebia o quão babaca era, e nem uma das suas qualidades superava seus defeitos.

Mesmo assim agradeço por ter entrado na minha vida, sem você eu não saberia o que era amor, e também não saberia valoriza-lo e perceber que eu merecia coisa melhor.