Meu nome é Bobby Griffth. Escrevo isso na esperança de que um dia, daqui a muitos anos, eu possa voltar e me lembrar de como era a minha vida quando eu era um adolescente confuso, tentando desesperadamente me entender no mundo em que vivo.