Tudo é tão frágil,
que não ouso me mover.

A vida flutua como nuvens,
de formas aleatórias e complexas (observo).

A simplicidade dos desejos
versus a complexidade dos sonhos.

É com leve assombro que sinto as mãos tremendo,
e meu coração descompassado.

As sensações sempre transbordam,
evaporam deixando apenas marcas.

Dedilho experiências e
guardo as promessas de amor.

Sou cheia de tendências impulsivas
e você é um mar de tranquilidade.

Me afogo.
Me perco.
Te encontro.

Nossos contrastes.
Nossos risos.
Nossas lágrimas.

Nosso amor,
espaço perfeito dividido por dois.