Tem um mundo inteiro fora do meu quarto do qual eu não quero viver.

Pela janela do meu quarto, vejo um mundo sem amor, cruel, repleto de pessoas egoístas, preconceituosas e ignorantes que só pensam em si mesmas. E eu não quero viver lá. Do que adianta eu tentar mudar o mundo, se tô nessa sozinha? Por mais que eu queira acreditar que gentileza gera gentileza, nem sempre é assim.
Sou gentil e espalho amor, mas recebo ignorância e desamor. Isso me mata, tá me matando aos poucos. Faço minha parte, mas sei que sozinha não vou longe. Estou cansada, muito cansada de tentar mudar o mundo, mesmo ele não sendo um lugar seguro.