Off the Wall é o quinto álbum de estúdio do artista musical Michael Jackson.Foi lançado em 10 de agosto de 1979,através da Epic Records.Enquanto trabalhava no filme The Wiz, Jackson e Quincy Jones se tornaram amigos, e Jones concordou em trabalhar com Jackson em seu quinto projeto de estúdio. As sessões de gravação do disco tiveram início em dezembro de 1978 nos estúdios Allen Zent Recording, Westlake Audio e Cherokee, localizados em Los Angeles, Califórnia. Jackson colaborou com outros artistas, como Paul McCartney, Stevie Wonder e Rod Temperton. O cantor compôs e produziu três das dez faixas do álbum. Foi seu primeiro trabalho lançado através da Epic Records, gravadora em que Jackson permaneceu até a sua morte, em 2009.
Musicalmente,Off the Wall apresenta uma mudança musical dos trabalhos anteriores de Jackson durante sua estadia na Motown Records, incorporando estilos dançantes como o funk, o dance-pop, a música disco e o soft rock, além de gêneros suaves como o jazz e baladas. O álbum foi aclamado por críticos de música contemporânea, que prezou sua produção e os vocais de Jackson. Consequentemente, foi reconhecido pela revista Rolling Stone como o 68º melhor álbum de todos os tempos e foi nomeado a dois Grammy Awards para Best Disco Recoring e Best Male R&B Vocal Performance, vencendo a segunda. Comercialmente, obteve um desempenho exitoso, liderando as tabelas da Austrália; em 2014, foi certificado como platina óctupla pela Recording Industry Association of America (RIAA), vendendo 8 milhões de cópias nos Estados Unidos. Mundialmente, vendeu cerca de 20 milhões de cópias, convertendo-se num dos álbums mais vendidos de todos os tempos.
Foram lançados cinco singles do álbum, com "Don't Stop 'til You Get Enough" e "Rock with You" tornando-se sucessos internacionais, liderando a tabela musical Billboard Hot 100. Em 16 de outubro de 2001, Off the Wall foi relançado em uma edição especial pela Sony Music com entrevistas especiais e as versões originais de "Don't Stop 'til You Get Enough" e "Workin' Day and Night". O álbum foi novamente aclamado pela crítica contemporânea mesmo 22 anos depois de seu lançamento. Em 2008, A National Association of Recording Merchandisers converteu o disco na 80ª entre os 200 álbuns definitivos no Rock and Holl of Fame.