Aspirei vilas, cidades, nomes, conheci um rosto sem face (...) E os olhos mordiam, uma criança que deu dois passos e contornou o mundo.

Brasil    http://pas2atempo.tumblr.com/