Eu gosto do impossível, tenho medo do provável, dou risada do ridículo e choro porque tenho vontade.

   http://meadiciona.com/biabranco