Gosto do que me tira o fôlego. Venero o improvável. Almejo o quase impossível. Meu coração é livre. Tenho um ritmo que me complica. Uma vontade que não passa e uma palavra que nunca dorme.

Guarulhos - Sp    @mgg