Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira. Deixe de ser quem era, e se transforme em quem você realmente é humano frágil e cruel. Capaz de amar, odiar, desprezar, criar ou destruir com a mesma simplicidade com que uma onda na praia derrub

   http://simplessopro.tumblr.com/