Ela é uma bomba sentimental e sem desarme!
Ela é complexa e difícil de ser decifrada, milhões de caracteres ainda não à definiria. Ela muda muito constantemente, é alegre e triste, grossa e simpática, ama e odeia, é sorrisos e lágrimas. Então é impossível descrevê-la, dizer quem ela é, o que gosta ou não gosta. Pode querer muito algo por um tempo, e depois, ser indiferente à isso. Se cansar de coisas, de pessoas, de sentimentos e de lugares. Tudo é incerto e mutável demais dentro dela... Talvez ela só precise parar de complicar tanto as coisas, deixar de ser tão "drástica", levar tudo ao extremo, sabe? Ser um pouco mais meio-termo, mais ou menos, um pouquinho, as vezes ela consegue fazer de uma ondinha, um verdadeiro tsunami. Não é que ela não espere mais nada de ninguém. Ela só não cria grandes expectativas, assim não se frustra. E ainda corre o risco de ser surpreendida uma hora dessas. Quem sabe... Ela é desligada pra caramba, mas sempre atenta muito nos gestos dos outros. Simples detalhes fazem toda a diferença pra ela. Guarda cada palavra dita, lembra de cada conversa, imagina o porquê atrás de cada ação. Pensa e repensa o significado de tudo. E pode se magoar com apenas uma palavra, assim como, pode sorrir o dia inteiro também. Às vezes ela cai em uma de fazer um teatrinho de ser durona. Quem vê até pensa, quem vê até imagina que ela é assim, tão má, tão fria, tão perversa. Mal sabem eles como ela é delicada, gentil e amável. Não com todos, aliás, só com quem ela quer. Poucos conhecem o aperto em seu coração à noite, conhecem o choro baixinho, conhecem seu gosto por comédia romântica, conhecem o verdadeiro "eu" dela. Às vezes ela finge não se importar, mas se importa até demais, se preocupa, sente. Ela, disfarçadamente, ainda tem fé de que tudo vá dar certo. Amor, família, amigos. Um futuro, um príncipe, uma história de amor. Ela, no fim, continua sendo apenas uma garotinha que se entrega demais, que sente demais, que se machuca demais. Um dia, quer usar salto, no outro, havaianas. Na terça não quer saber de maquiagem, na sexta exagera no delineador. Ela é fofa, meiga e educada. Grossa, bruta e ignorante também. Ela é sexy só com o sorriso, pode ser desastrada, pode ser ousada, pode ser tímida, pode usar short curto ou vestido longo, isso não muda o caráter dela. Nerd na segunda e do fundão na quarta. Escuta pop, MPB e, se a amarra no sertanejo. Tem mil faces, mil gostos, não é apenas uma só. Ela não se limita ao básico, ao comum, e sempre pode surpreender. Provavelmente você à achará difícil de entender. E bem, ela é. Mas se existisse um manual básico de sobrevivência à ela, na primeira página estaria escrito: tudo dela é ao contrário. Se te quer por perto, te afasta. Mas é só pra saber se você também a quer do lado. Se te ama, vai te xingar, te bater e dizer que te odeia. Mas isso é como um “eu te amo” pra ela. Se fica triste com você, se cala e não fala nada. Mas no fundo, quer que você perceba. E quando ela está magoada, te trata mal. Mas é só pra não desabar e demonstrar que está doendo. Às vezes, quando ela diz “não”, ela quer dizer “sim”. Se ela fala que vai embora, é para ouvir você pedir pra ficar. Se ela te ataca, é pra se defender. É bem simples, e ao mesmo tempo complicado: ela só dá dicas. Ela nunca vai dizer o que quer, o que tem ou o que deixou ela assim. Mas, insista um pouquinho e pergunte de novo, só um pouquinho. Ela é assim, toda no avesso, até as ações dela querem dizer o contrário do que demonstra. Sempre dramática, orgulhosa, inquieta. Sempre tentando fazer da vida o filme que tem em sua cabeça. Uma menina de lua, cheia de fases, inconstante, temperamental, às vezes tímida, às vezes ousada. Cheia de si, achando que pode ser assustadora. Mas não passa de uma miniatura. Pose de durona, mas chora toda vez que assiste “Um amor pra recordar”. Finge que não se importa, mas tá sempre se magoando por coisa boba. Tem medo de tudo, mas é tão corajosa. Não sabe de nada, mas vive pensando que sabe de tudo. “Complicada e perfeitinha” é a frase que se encaixa nela, talvez a frase mais perfeita para ela, um filme de ação com vários finais... Ela é forte! Doce e amarga. Em alguns dias se acha fraca e boba, precisa de um lugar onde enfiar a cara pra esconder as lágrimas. Aí pensa que não é tão forte assim e começa a olhar pra si. " Sou forte sim, mas também choro, sou gente. Sou humana." pensa ela. Na verdade ela é uma explosão de sentimentos e, mesmo que eu passasse a noite escrevendo não conseguiria descrevê-la, faltaria espaço. Afinal, todo dia conheço um novo "eu" dela, todos os dias ela se renova um pouquinho e vai apresentando novas "meninas" dentro de uma só menina. Depois de conhece-la você só irá se lembrar da menina, meiga, carinhosa, alegre e, que tem o sorriso mais lindo desse mundo. Uma menina que é capaz de te cativar com apenas uma palavra, fazer te se apaixonar com apenas um sorriso e, te deixar de quatro com apenas uma frase. Ela, difícil de definir. Quem é ela? Não sei, afinal, até seu nome é uma dúvida.