O amor chega sem avisar, vem de mansinho, como uma borboleta a pousar numa flor e faz morada no coração. Eu sei que é clichê dizer tudo isso, mas o aconchego que encontrei no teu abraço, a paz que tenho ao ver teu sorriso, fazem minha vida valer a pena, talvez amar seja isso: saber que a pessoa é um cacto cheio de espinhos e mesmo assim cuidar até dar flor e você me cuida tão bem, que às vezes paro para pensar que sorte eu tive em deixar teu amor se abrigar em mim.